Deputados piauienses lutam contra crueldades da reforma da previdência

O deputado Robert Rios (PDT), líder do bloco PSDB/PDT, disse que a reforma da Previdência proposta pelo Governo Federal é desumana e cruel, porque “o tempo de contribuição para que o trabalhador se aposente será maior do que a sua expectativa de vida”. Ele sugeriu que, se a reforma for realizada, que leve em consideração a expectativa de vida da população de cada região do Brasil.
Deputado Robert Rios         Foto:Cidade Verde
Robert Rios afirmou que toda vez que a Previdência tem dificuldades financeiras os trabalhadores são sacrificados como poderá ocorrer agora se a proposta do Governo for aprovada. Ele lembrou que, em anos anteriores, recursos previdenciários foram utilizados para construção de moradias, estradas e até para edificação de Brasília.

Em aparte, o deputado Aluísio Martins (PT) defendeu a formação de uma Frente Parlamentar Estadual para impedir que a reforma seja aprovada pelo Congresso Nacional. O deputado Dr. Pessoa (PSD) disse que não apoia a proposta encaminhada pelo Governo ao Congresso Nacional “porque ela tira o sangue do trabalhador”.

O líder do Governo, deputado João de Deus (PT), afirmou que a Assembleia Legislativa realizou hoje uma audiência pública para debater a proposta de reforma da Previdência. “Na oportunidade, os representantes das categorias, como a dos professores, revelaram que os trabalhadores estão aterrorizados com a proposta, por isso decidiram se manifestar contra a sua aprovação”, declarou ele.

Ao concluir o seu pronunciamento, Robert Rios pediu que a Assembleia Legislativa realize uma sessão especial com a presença dos senadores e deputados federais do Estado e representantes dos trabalhadores para debater a reforma previdenciária, que, em sua opinião, precisa ser discutida com toda a sociedade e não apenas no Congresso Nacional.


Fonte: 180graus
Deputados piauienses lutam contra crueldades da reforma da previdência Deputados piauienses lutam contra crueldades da reforma da previdência Reviewed by Arnaldo Ribeiro on 16:04:00 Rating: 5