Suspensão dos serviços de Inspeção Sanitária causa prejuízos

Com o Serviço de Inspeção Sanitária Municipal (SIM) sem funcionamento, donos de abatedouros de Teresina somam prejuízos com a proibição de distribuir carnes e animais nos currais sem a autorização dos profissionais de saúde. Auxiliares e veterinários iniciaram uma paralisação por tempo indeterminado nessa segunda-feira, depois do corte da insalubridade.



O criador Maurício Pereira contou que deixou de abater 300 gados nos dois dias de paralisação e na tentativa de resolver o caso procurou até o prefeito Firmino Filho. Segundo ele, em outros currais a situação é ainda pior, porque os animais começaram a morrer.

"Estamos com os serviços parados, porque os veterinários e auxiliares decidiram greva. Só podemos abater os animais com a autorização deles. Os funcionários estão indo para os abatedouros, mas ficam de braços cruzados esperando os profissionais de saúde aparecer. Enquanto isso não se resolver, vamos deixar de distribuir carnes para todos os mercados e frigoríficos de Teresina", declarou Maurício Pereira.

O veterinário Romualdo Oliveira lamentou a situação e explicou que a categoria decidiu paralisar as atividades após o corte da insalubridade este mês. De acordo com ele, o benefício refere-se a 40% do salário dos profissionais de saúde.

"Recebemos a insalubridade há 22 anos e sem avisar a prefeitura faz este corte. Somos 10 veterinários e 20 auxiliares responsáveis pela inspeção dos abatedouros, avaliação dos animais e dos riscos de contaminação. Sem a presença dos fiscais não é permitido o abate", comentou o veterinário.

Outra categoria que paralisou pelo corte da insalubridade foram os servidores da Gerência de Vigilância Sanitária Municipal (Gevisa). Inspeções de serviços hospitalares, hotéis, motéis, pousadas, restaurantes e clínicas odontológicas estão suspensos.

Por meio de nota, a Fundação Municipal de Saúde disse que foi surpreendida com a indicativo de greve por tempo indeterminado convocada nesta terça-feira pelo sindicato. Segundo o presidente da FMS, Silvio Mendes, todas as reivindicações foram atendidas durante um encontro e os laudos de avaliação sobre a insalubridade foram entregues às categorias para análise e disponibilizado no site da Fundação.

A nota informa ainda que o acordo fechado entre a presidência da FMS, Sindeser e categorias foi de que após análise dos laudos quem tiver direito legal à insalubridade será pago em folha suplementar


Fonte:Informações G1 Piauí
Suspensão dos serviços de Inspeção Sanitária causa prejuízos Suspensão dos serviços de Inspeção Sanitária causa prejuízos Reviewed by Wellighton Siqueira on 21:42:00 Rating: 5