Rachaduras podem fazer a Barragem do Emparedado desabar



Um estudo da Agência Nacional de Águas (ANA) mostra que a Barragem do Emparedado, em Campo Maior, apresenta alto risco de rompimento. O Relatório de Segurança de Barragens (RSB) analisou 35 reservatórios no Piauí. Deles, 33 entraram na lista de alto risco de rompimento por apresentarem problemas em suas estruturas. 

Além da barragem do Emparedado, está incluído no relatório o Açude Cadeirão, em Piripiri, Barragem do Bezerro, em José de Freitas, Barragem Petrônio Portela, em São Raimundo Nonato, e Barragem Piaus, em São Julião. Em Campo Maior, o reservatório tem 8 metros de altura e capacidade de 5hm.

Em março,passado o Ministério Público solicitou da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAR) que apresentasse um plano de segurança para a Barragem Emparedado depois que um relatório do órgão apontou que o sangradouro do local apresentava vazamento de água, rachadura e que há local onde a estrutura de concreto foi destruída pela força da água.

  Esta não é a primeira vez que este tipo de alerta é feito. Uma fissura na Barragem dos Corredores, também em Campo Maior teve que ser reparada, para evitar que  algo mais sério acontecesse.
  Agora o assunto volta à tona, a Barragem do Emparedado, que é abastecida pela Barragem do Corredores ao longo do Rio Jenipapo apresenta rachaduras em sua estrutura que podem comprometer o acúmulo de água e estourar.Os moradores ficam apreensivos om este tipo de notícia.





Rachaduras podem fazer a Barragem do Emparedado desabar Rachaduras podem fazer a Barragem do Emparedado desabar Reviewed by Arnaldo Ribeiro on 11:25:00 Rating: 5