Traficante de animais foge, mas acaba preso na PRF de Campo Maior








A Polícia Civil do Estado do Piauí,  deflagrou a Operação Ártemis, para combater os crimes ambientais cometidos na região. Duas pessoas foram presas, dezenas de animais silvestres foram apreendidos, entre os quais:
caititus, raposas, onças pardas, jabutis, tatus, gato Maracajá e outros.

Segundo a delegada de Piripiri, Lucivânia Vidal, os animais foram encontrados com sinais visíveis de maus-tratos. "O estado dos animais é deprimente, alguns presos em cubículos, a onça parda sofreu visíveis maus-tratos tendo sido extraídas as presas do
animal e obtivemos a informação de que há pouco tempo uma outra onça também mantida em cativeiro no sítio na zona rural acabou morrendo", destacou.

O delegado Ricardo Oliveira, as prisões. "A operação ocorreu em duas frentes, sendo a primeira na zona urbana da cidade Capitão de Campos/PI e segunda na zona rural, mais precisamente no povoado Montes. O proprietário dos imóveis e um caseiro foram presos em flagrante. O proprietário dos imóveis chegou a empreender fuga mas foi interceptado pela PRF em Campo Maior.

Os autores do crime foram autuados em flagrante pelos crimes ambientais de cativeiro de animais silvestres pelo fato de haverem espécies ameaçadas de extinção.Os acusados podem pegar até dez anos de cadeia e pagar multa de até cem mil reais.
Traficante de animais foge, mas acaba preso na PRF de Campo Maior Traficante de animais foge, mas acaba preso na PRF de Campo Maior Reviewed by Arnaldo Ribeiro on 15:53:00 Rating: 5