Piauí aparece em terceiro no ranking da homofobia no Brasil

De acordo com levantamento do Disque 100, o Piauí é o terceiro estado mais homofóbico do Brasil quando se leva em conta o número de denúncias por 100 mil habitantes. Somente no primeiro semestre, em todo o Brasil, foram 713 denúncias apuradas, que somam 1.187 diferentes tipos de violência. O Piauí, com 16 denúncias e 0,51 denúncias por 100 mil habitantes, aparece como o terceiro do ranking.

Atrás apenas dos estados da Paraíba (0,8) e Goiás (0,53), o Piauí mostra constância no levantamento negativo. “Infelizmente o Piauí tem se notabilizado nesses estudos. Não somente o Disque 100. Nós atribuímos isso à profunda falta de políticas públicas. Desde 2010 nós estamos em um processo de precarização e desmantelamento em todas as políticas que foram criadas de 2002 para 2009”, explica Marinalva Santana, do Grupo Matizes.

Marinalva afirma que este é o reflexo do descompromisso com a questão da diversidade em todo o Piauí. “Nós estamos com delegacias precarizadas, o Núcleo da Defensoria não consegue dar conta da demanda, que é enorme… Todos os órgãos que combatem a LGBT fobia estão sendo enfraquecidos e esvaziados. É assim em todos os âmbitos, inclusive o que aconteceu com Coordenadoria de Direitos Humanos, que acabou desde 2010”, desabafa a militante do movimento LGBT.

A membra do Grupo Matizes ressalta que não apenas este dado coloca o Piauí no cerco da problemática da lgbtfobia. “Este ano se você observar os dados do GGB [Grupo Gay da Bahia], já são oito vítimas no Piauí. Estamos ainda em setembro de 2018. Muitos no interior, como um professor que foi degolado, a travesti que foi assassinada em Piripiri, também teve um cozinheiro…”, enumera.

Marinalva cita um caso recente que chocou o Estado nesta quarta-feira (26). “Em Sigefredo Pachêco, uma travesti foi brutalmente espancada, uma tentativa clara de homicídio com requintes de crueldade. São casos gritantes quando sabemos que estes dados são subnotificados. Muita gente sofre violência na rua e em casa e isso não está nas estatísticas”, finaliza Marinalva Santana.

Os 5 mais homofóbicos

1- Paraíba (30 denúncias) - 0,8 denúncias por 100 mil habitantes
2- Goiás (32 denúncias) - 0,53 denúncias por 100 mil habitantes
3- PIAUÍ (16 DENÚNCIAS) - 0,51 DENÚNCIAS POR 100 MIL HABITANTES
4- Roraima (2 denúncias ) - 0,44 denúncias por 100 mil habitantes
5- Mato Grosso (13 denúncia) - 0,43 denúncias por 100 mil habitantes


Fonte: Jornal Meio Norte
Piauí aparece em terceiro no ranking da homofobia no Brasil Piauí aparece em terceiro no ranking da homofobia no Brasil Reviewed by Girlêudo Silva on 18:08:00 Rating: 5